19 de out de 2012

Pergunta In Verso

Qual é a cor do som que toca
As profundezas da alma da foca?

Quem me levou embora
O doce gosto amargo da amora?

Qual será a sensação
De ser Sol quando finda o verão?

Quando foi que aconteceu
De a memória esquecer você e eu?

Como é mesmo que fazia
O som que sua risada dormia?

Onde foi parar a textura
Que pintava nossa vida futura?

Qual é o nome do segredo
Que em silêncio te mata de medo?

Como se porta o pardal
Que te encanta do meu varal?

Quem é que é teu por direito
Pra que guardes no fundo do peito?

Quanto vale um dia inteiro
Sem da flor o ínfimo cheiro?

Quando será comemorado
O dia do céu nublado?

Qual o tempo exato do erro
A mão do gatilho ou os olhos no enterro?

Qual o passo certo da dança
Envelhecer ou crescer criança?

Quanto dói encher a vida
De orgulho, egoísmo e ferida?

Qual o gosto do som que faz
Teu demônio ficar em paz?

Que resquício divino te segue
Pra tua cruz não haver quem carregue?

Qual a alcunha promíscua e infame
Que você goza ao gritar meu nome?

Onde é que mora o passado
No choro do adeus ou no abraço apertado?

Por que foi que quando eu disse o que queria
disfarçado de poesia
restou-me a fotografia
e o tom cinza do licor?
(...)
Por que amor?


Thuan Bigonha de Carvalho.