3 de nov de 2011

Ações e Sensações



Passa,
E eu invento
O vento.

Anda,
E eu espanto
O pranto.

Dorme,
E o aconchego
Chega.

Clama,
E me acende
A chama.

Voa,
Vai feito nave
Ave.

Chamo,
E não me escuta
Bruta.

Cala,
E se não ouço
Fala.

Maga,
Se sou duende
Prende.

Bruxa,
Se me afasto
Puxa.

Artista,
Lutando esgrima
Rima.

Tento
Prendê-la em frase
Quase!

Leve,
Grão de poeira
Esgueira.

Próxima,
Sinto seu cheiro
Inteiro.

Morde,
A boca intensa
Tensa.

Sopra,
E de arrepio
Rio.

Navega,
E não firma o leme
Treme.

Goza,
E se entrega
Rega;

Prosa,
E o céu de azul:
Rosa.


Thuan B. Carvalho

Um comentário: